segunda-feira, 12 de agosto de 2013

JAMBALAYA DE BACALHAU

 Leve, sofisticado e funcional

Como diz a Drª Gisela Savioli:"Não dá para ficar inerte diante de um prato como este."


Caríssimos leitores e seguidores,
Voltei, agora com a gastronomia funcional.Você sabe o que é isso?

O termo alimentos funcionais, se refere aos alimentos que contêm ingredientes ativos que beneficíam o organismo de alguma forma, possuindo assim grande potencial para abrandar a evolução de doenças, promover a saúde.
Em geral, os probióticos, prebióticos, fitoesteróis, antioxidantes e as fibras são alimentos funcionais e podem atuar evitando a absorção da gordura e do colesterol, são bons para o intestino e beneficam a saúde em geral.

A definição mais atual de Probióticos é: suplemento alimentar, rico em microorganismos vivos, que afeta de forma benéfica seu consumidor, através da melhoria do balanço microbiano intestinal.
Ler mais

Já os alimentos Prebióticos, colaboram para que somente sejam absorvidas pelo intestino as substâncias necessárias, eliminando assim o excesso de glicose (açúcar) e colesterol, favorecendo, então a diminuição do colesterol e triglicérides totais no sangue.
Ler mais

A estrutura dos Fitoesteróis é muito similar à do colesterol . Seu mecanismo de ação envolve a inibição intestinal de absorção do colesterol e diminuição de sua síntese no fígado. Eles não são produzidos pelo próprio corpo. Por isso, é necessário incluí-los na alimentação: nozes, sementes de girassol, canola, milho, feijões, abacate, legumes e verduras e etc.
Ler mais

Pois bem, tudo isso descobri quando em minha busca pelo sem gluten e sem lactose, encontrei o livro Escolhas e Impactos que nada mais nada menos nos leva a uma alimentação do tempo da vovó.
Bem não vou alongar a conversa mas se você anda em busca de uma alimentação adequada, procure por esta leitura e depois volte aqui para me contar .
             
                                  

Bem, neste último sábado nos reunimos então para fazer o Jambalaya de Bacalhau, em uma prévia comemoração do dia dos pais. Um espetáculo! Melhor ainda o efeito no organismo que por mim foi sentido no dia seguinte. Por minha conta salpiquei uns amendoins por cima para dar um crocante.

Hummm. Delícia!


Vai aí o vídeo com os autores ensinando a receita. Dra Gisela Savioli nutricionista funcional e o Chef Renato Caleffi sócio do restaurante Le Manjue Bistrô em São Paulo.

Ingredientes

1 xícara de arroz cateto integral com vermelho cozidos
2 colheres de sopa de arroz negro cozido
100g de bacalhau do tipo de sua preferência, em lascas (pode usar outro peixe de sua preferência, de sua região ou da época)
1 punhado de tomatinhos-cortados ao meio
1 colher de sopa de salsinha picada
1/4 de cebola cortada em fatias finas
1 punhado de brócolis fatiado
fios de azeite
2 dentes de alho amassados
1 colher de sopa de azeitonas
1 colher de sopa de azeite de rúcula

Preparo

Dessalgue o bacalhau.
Cozinhe o bacalhau em água fervente por 8 minutos e escorra; desfie em lascas. Ferva água em uma panela e coloque os brócolis até ficarem macios, porém durinhos. Escorra e coloque em água
com gelo. Reserve.

Refogue no azeite a cebola, em seguida o alho; adicione as lascas de bacalhau e o arroz. Adicione o restante dos ingredientes: brócolis, azeitonas e depois o arroz negro, a salsinha por último, misture tudo delicadamente.

Adicione fios de azeite e sirva.




8 comentários:

  1. Parabéns, Claudia!
    Arrasando na cozinha! Quero provar suas delícias!
    1000 bjos

    ResponderExcluir
  2. Quem sou eu perto de você,cunha! Mas este tal de alimento funcional e desintoxicante tem sido a minha onda atual.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. QUE DELICIA!!!!! NO QUERO PROVAR

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Amei a receita, yummy

    ResponderExcluir
  7. adorei essa receita, deve ser uma delicinha. parabens pelo blog! bjinhos de luz

    ResponderExcluir

Algumas pessoas me relataram que encontraram dificuldades para fazerem comentários. Sugiro que você escolha a opção nome/URL na caixa abaixo "comentar como". Coloque o seu nome e não precisa preencher a URL. Acredito que assim ficará mais fácil.

Você poderá gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...